sábado, 18 de abril de 2009

Ian McEwan em discurso directo

O escritor Ian McEwan esteve hoje em Lisboa, para o lançamento do libreto da ópera Por Ti, publicado pela editora Gradiva.

Sobre a solidão:
"A solidão é um luxo, é uma grande invenção moderna."

Razão vs. emoção:
"Não podemos confiar em alguém que seja só racional."
"Os cientistas começaram a invadir o território dos novelistas, também eles se interessam pela emoção."
"Somos profundamente supersticiosos mas inventamos tecnologia. Vivemos na era de ouro da ciência e tecnologia."

Razão vs. :
"A fé sempre foi uma virtude humana positiva. Com o 11 de Setembro vimos homens cheios de fé a fazer coisas horríveis. Descobri que a fé tem um lado obscuro."
"Se queremos saber algo sobre a fotossíntese não vamos à Igreja, porque não é esse o território da ciência."

Sobre o processo de escrita:
"É difícil escrever com as lentes da felicidade, essa celebra-se na poesia. A novela [como género literário] é sobre a essência humana e nós somos fascinados pelos mal-entendidos."
"Escrever não é um processo racional, quando começo nunca sei o que estou a começar."
"A novela é uma forma maior da bisbilhotice."
"Gosto do realismo da ficção, não estou interessado no mágico [na literatura fantástica]."


BW

Sem comentários:

Publicar um comentário