quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

As nossas escolas primárias

Aquilo em que se estão a transformar as antigas escolas primárias.
Um trabalho muito interessante publicado no Público e que pode ler aqui.

De capela, a sede de um grupo de teatro, de restaurante a casa mortuária. Há um pouco de tudo.

O tema interessa-me agora especialmente, pois a minha antiga escola primária (a da foto) fechou recentemente. Continua lá. Eu posso mostrá-la, ainda que só do lado de fora, aos meus filhos e dizer: foi ali que a mamã aprendeu a ler (e a brincar e a saltar à corda e ao elástico, e fez os primeiros amigos e teve as primeiras zangas...). Preocupa-me o que irá acontecer ao espaço...


Este tema fez-me ainda lembrar das duas últimas escolas primárias recuperadas que visitei: a livraria Bichinho de Conta, em Óbidos, e o restaurante "A escola", em Alcácer do Sal.

Exemplos de como se podem manter estes espaços de forma a respeitar arquitectura, tradições e memórias de uma forma útil às comunidades onde se integram.

Revisite os posts sobre estes dois locais aqui: livraria, restaurante.

Ana Soares

Sem comentários:

Publicar um comentário