quinta-feira, 3 de junho de 2010

Morreu João Aguiar

Li o seu primeiro romance A Voz dos Deuses (1984), no primeiro ano. Foi fotocopiado (um crime) porque estava esgotadissimo, mas era preciso estudá-lo, analisá-lo. Assim que foi reeditado comprei e lá está na estante, à espera que o mais velho cresça um bocadinho para acompanhar as aventuras e as traições de Viriato.
Escreveu para televisão e os mais novos, sem saberem, cresceram com as suas palavras ditas em guiões de programas como a Rua Sésamo e outros.
Além da escrita para adultos - O Homem sem Nome, O Trono do Altíssimo, Os Comedores de Pérolas, A Hora de Sertório, Inês de Portugal, Uma Deusa na Bruma, O Sétimo Herói, O Jardim das Delícias, etc - dedicou três colecções às crianças e jovens: O Bando dos Quatro, Pedro & Companhia e Sebastião e os Mundos Secretos.
João Aguiar, jornalista e escritor morreu com 66 anos, vítima de cancro, em Lisboa.
BW
Num futuro muito próximo, o número de casos de cancro vão duplicar, diz a OMS. Por aqui, são cada vez mais os que conhecemos que morrem vítimas desta doença...

Sem comentários:

Publicar um comentário