quinta-feira, 14 de abril de 2011

Museu da Marioneta

Proposta para uma manhã de domingo criativa, uma oficina.
Proposta para uma tarde, uma visita.
Proposta para um dia de escola com os professores/educadores, uma visita com actividades.
Proposta para uma festa de anos, um atelier.

No Museu da Marioneta existem todas estas propostas. A minha filha teve a sorte de ser convidada para uma festa de anos lá. Esta foi a desculpa para eu própria visitar o Museu. Desfalcada da filha, fui com ele. Na verdade, é sempre um prazer ter um programa só com um deles. Temos mais espaço para nos ouvirmos um ao outro. E às vezes isso faz falta.
Lá iniciámos a visita. As salas, meio soturnas, não lhe pareceram muito apelativas. Mas perceber como "funcionam" as diferentes marionetas, isso sim. Ou não fosse o rapaz ter alma de engenheiro (diz ele!). Marionetas de estacas, fios, luva e até umas de corpo inteiro.

Depois, a visita a uma das exposições temporárias, gratuitas. Dodu, o rapaz de cartão, da autoria de José Miguel Ribeiro. Simplesmente fabulosa! Uma cidade feita em cartão que deu origem a um filme de animação. Imperdível.

Chegados a casa, não resistimos. Fomos tentar imitar. Fizemos um aquário, um gato e um autocarro para a nossa cidade. O Museu veio connosco para casa. A visita continuou depois de termos saído do antigo Convento das Bernardas.

Ana Soares

Sem comentários:

Publicar um comentário