quinta-feira, 5 de agosto de 2010

O Arquitecto

Minoru Yamasaki foi o arquitecto que idealizou as Torres Gémeas de Nova Iorque, as que foram atacadas a 11 de Setembro. Quando o complexo do World Trade Center foi construido, na década de 1970, o arquitecto era criticado pela minicidade ideal que desenhara, fora construida em Saint Louis e que acabaria por ser implodida. O norte-americano de origem japonesa ficou conhecido pelas obras que foram destruidas e não pelas que permanecem de pé: primeiro o complexo de Pruitt-Igoe, implodido, depois o World Trade Center atacado por extremistas-islâmicos.
Rui Tavares, historiador, opinion maker e deputado europeu pelo Bloco de Esquerda escreveu O Arquitecto, em 2007, uma peça de teatro que lembra Minoru Yamasaki, a década de 1970 nos EUA, os personagens políticos daquele tempo e que continuaram a fazer história até aos nossos dias. Curioso e interessante para quem gosta de Arquitectura, de História (a segregação nos EUA, a Segunda Guerra...) e de Política.
"(...) a pessoa que faz um caminho diferente para casa. Não é o caminho mais rápido, não tem de fazer aquele, não é obrigado. No entanto, gosta daquele caminho. Essa pessoa é o homem estético. Parou no meio da avenida para ver a multidão atravessar a rua. É a pessoa que já viu milhares de vezes uma nesga de vista entre dois prédios mas que continua a virar a cabeça cada vez que lá passa. Aquele que gosta de olhar para as poças de óleo de automóvel depois das primeiras chuvas. Aquele que gosta da chuva. Essas pessoas podem não ser artistas. Mas em todos esses gestos está o impulso da arte."

BW

Sem comentários:

Publicar um comentário