sexta-feira, 18 de novembro de 2011

A ignorância dos nossos universitários

O trabalho da SÁBADO está bem feito. Os jornalistas partem daquela menina da Casa dos Segredos que não sabe o que é um alpendre ou que diz que África é um país da América do Sul, e foram para a rua, para a porta de universidades públicas (consegui identificar a Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, o Técnico da UTL, a FCSH da Nova de Lisboa) e privadas (Lusófona e ISPA) e concordatária (Católica) perguntar aos alunos coisas básicas.

Ontem, à noite, fizemos a experiência com os nossos filhos, que estão no 3.º ciclo, com 12 e 14 anos, pusemos o video a correr e quando surgiam as perguntas, pediamos-lhes as respostas. Ela não sabia quem era Manoel de Oliveira, nem quem tinha escrito o Evangelho Segundo Jesus Cristo; ele só não sabia esta última (José Saramago). Riram-se até não poder com o Leonardo DiCaprio, o pintor de Mona Lisa (Leonardo da Vinci). "Porque é que eles dizem Picasso? Picasso é moderno...", dizia ela; e com o Miguel Arcanjo, o pintor da Capela Sistina (Michelangelo). Esbugalharam os olhos com o "PH0", o símbolo químico da água (H2O).

É confrangedor. É esta a geração que acredita que é a mais qualificada (com três anos de ensino superior são licenciados, com quatro são mestres), porque andou mais tempo na escola do que os pais, mas falta-lhes o que os pais não lhes deram e, pelos vistos a escola também não - como aquela menina que no final diz: "Cultura geral não é comigo" -, falta-lhes ter estado com atenção nas aulas de História, de Geografia, de FQ, de Português... É ainda mais triste do que a menina da Casa dos Segredos que é auxiliar de acção médica e está a fazer o secundário através das Novas Oportunidades, estes rapazes e raparigas conseguiram chegar ao ensino superior.
Se calhar, falta a Prova Geral de Acesso (PGA) do Roberto Carneiro. Entretanto, Nuno Crato devia ver este video com olhos de ver e repensar a reorganização curricular: nada de cortar na "cultura geral"!
BW

9 comentários:

  1. Simbolo quimico da água??? Acredito que se tenham rido muito, agora basta saber se com a resposta ou com a pergunta. Inteligente a jornalista.

    ResponderEliminar
  2. Simbolo quimico da água??? Acredito que se tenham rido muito, agora basta saber se com a resposta ou com a pergunta. Inteligente a jornalista.

    ResponderEliminar
  3. Simbolo quimico da água??? Acredito que se tenham rido muito, agora basta saber se com a resposta ou com a pergunta. Inteligente a jornalista.

    ResponderEliminar
  4. Um trabalho que só mostra as respostas erradas sem dizer quantas estavam certas no universo de todas as respostas recolhidas nunca pode ser um bom trabalho de jornalismo nem merece qualquer atenção dos responsáveis pela educação.

    Se se usar 20 perguntas e só se recolher respostas erradas pode fazer-se um vídeo análogo com qualquer grupo de pessoas. Basta dispor de tempo para entrevistar as pessoas suficientes.

    ResponderEliminar
  5. de facto não é o símbolo químico, mas a fórmula química, têm razão os anónimos e o Hope. Assim como o Carlos Albuquerque! é uma realidade que o video não mostra as respostas certas, nem diz quantos acertaram e já há um aluno disposto a processar a revista. das dez respostas errou tres, uma delas a do michelangelo, conforme pode ver aqui: http://sol.sapo.pt/inicio/Sociedade/Interior.aspx?content_id=34082
    BW

    ResponderEliminar
  6. Eu não conheço em detalhe o trabalho feito por estes jornalistas. Mas, pelo que já fui ouvindo, desconfio que o espírito é o mesmo de muitas (más) peças josnalísticas e que parece que entraram definitivamente no jornalismo dos nossos dias. Para a explicar. Vai-se para a rua. Fazem-se umas perguntas a um grupo de pessoas, escolhidas com ou sem critério. E daí prontamente se conclui acerca da opinião dos PORTUGUESES sobre um assunto, acerca da cultura geral dos UNIVERSITÁRIOS PORTUGUESES, etc etc. E ainda por cima, e infelizmente muitas vezes, aqueles que desenharam este "estudo" e que o vão reportar a seguir, partiram para ele com o propósito de provar uma sua teoriazinha.
    Eu não sou jornalista mas isto não é bom jornalismo, não pode ser. Será que os jornalistas da Sábado estiveram atentos na universidade para perceberem isto? Estando ou não estando, este episódio serviu-me para repensar a forma como eu aceito as notícias que leio e oiço, escritas por estes... jornalistas?

    ResponderEliminar
  7. Os estudantes universitários são ignorantes? O Universia acha que não!
    http://noticias.universia.pt/vida-universitaria/noticia/2011/11/22/890362/universia-acredita-na-educaco.html

    ResponderEliminar
  8. Os estudantes universitários são ignorantes? O Universia acha que não!
    http://noticias.universia.pt/vida-universitaria/noticia/2011/11/22/890362/universia-acredita-na-educaco.html

    ResponderEliminar