segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Tolentino Mendonça em Haiku



«A linguagem habitual não pode dar voz
ao que permanece
aquém e além da representação»


 

A Papoila e o Monge é novo livro de José Tolentino Mendonça publicado pela Assírio e Alvim. Inspirados na tradição japonesa dos haiku, como o autor explica no preâmbulo, estes poemas  são uma forma concisa e contida da palavra que oferece muito mais ao leitor do que apenas as suas três linhas.

 











Sem comentários:

Publicar um comentário